Ana Maria Braga relembra medo após descoberta de câncer: ‘Chance mínima de sobrevivência’ .... Ver mais
01/04/2024

PUBLICIDADE

No último domingo, o Brasil se emocionou ao testemunhar a coragem e a resiliência de uma das figuras mais queridas da televisão brasileira, Ana Maria Braga, de 75 anos, no programa Fantástico. A apresentadora do Mais Você abriu seu coração e compartilhou sua batalha contínua contra o câncer, em uma entrevista marcante.

Ana Maria revelou ter enfrentado o diagnóstico assustador de um câncer decorrente do HPV em 2001. "Tive um câncer de anos, quando consegui descobrir o que tinha, já estava adiantado. Tinha uma chance mínima de sobrevivência. Era proveniente do HPV. É assustador", desabafou. Ela também ressaltou a falta de informação na época sobre a doença, destacando a importância da conscientização e da educação sobre a prevenção.

Ana falou sobre o diagnóstico

PUBLICIDADE

A apresentadora destacou enfaticamente que não há culpa vinculada ao diagnóstico. Ana Maria refletiu sobre a situação, mencionando que não há culpa, especialmente para mulheres sexualmente ativas e mães, pois isso faz parte da natureza humana. Ela dissipou qualquer estigma ou sentimento de culpa desnecessário.

Apesar das adversidades, Ana Maria é um exemplo vivo de superação. Ela enfrentou o câncer com sessões de quimioterapia e, felizmente, alcançou a cura.

No entanto, sua jornada não foi fácil, pois teve que lidar com a doença outras três vezes. Em 1991, recebeu o diagnóstico de câncer de pele, e mais tarde, em 2015 e 2020, enfrentou batalhas contra o câncer de pulmão. Ana Maria revelou que enfrentou um câncer de pulmão, passou por uma tomografia e em janeiro de 2020, a situação foi bastante grave porque o tumor se apresentou metastático, destacando sua determinação e resiliência diante das adversidades.

PUBLICIDADE

Apresentadora ressaltou a importância da prevenção 

Além de compartilhar sua própria experiência, Ana Maria Braga ressaltou a importância da vacinação contra o HPV como uma medida preventiva crucial. Sua história inspiradora não apenas destaca a importância da detecção precoce e do tratamento, mas também enfatiza a necessidade contínua de conscientização e apoio àqueles que lutam contra o câncer.

PUBLICIDADE

AD
Artigo