Ana Hickmann: tem prazo para se superar um relacionamento?
12/02/2024

PUBLICIDADE

A apresentadora e modelo Ana Hickmann, que passou por um divórcio desgastante, com direito a acusação de violência doméstica e patrimonial, tudo indica, já deu a volta por cima. Ana afirmou no Inteligência Ltda que está solteira e feliz. Existe um tempo mínimo para retomar a vida amorosa após um relacionamento longo? Alexander Bez, psicólogo, explica que os relacionamentos, independente de serem familiares, afetivos, profissionais, etc, demandam muita dedicação dos envolvidos, tanto para o outro como consigo. Eles são complexos e nunca um vai ser igual ao outro. "Não tem uma fórmula certa ou tempo definido que seja indicado entre um relacionamento amoroso e outro. Algumas pessoas precisam de mais tempo do que outras e esse tempo pode variar entre meses e anos. Tem até mesmo quem não consegue (ou opta) por não se relacionar com mais ninguém, mas tudo depende do quão sensível o aparelho mental da pessoa está e como ela vai encarar a separação. Mesmo as separações “amigáveis” não isentam a dor, pois a mente não entende esse conceito de separação em bons termos e o que fica é o sentimento de ruptura, a não ser em casos de relações tóxicas e abusivas, como parece que era a de Ana Hickmann com seu ex-marido", explica Bez. A questão é que quanto mais tempo entre um namoro e outro, maior será a cicatrização da ferida causada pelo rompimento. Se essa ferida não é curada e a pessoa sofre com algum transtorno mental de dependência e/ou de carência, ela pode querer transferir o relacionamento antigo para um novo e tende a se interessar por alguém que tenha características parecidas às de seu ex-companheiro(a). "Por isso o tempo de solteiro deve ser bem aproveitado para que se faça um verdadeiro balanço do antigo namoro/casamento para adquirir consciência daquilo o que não quer mais no próximo amor", recomenda o terapeuta.

PUBLICIDADE

AD
Artigo