Ex-marido de Ana Hickmann sofre derrota na Justiça e é obrigado a pagar indenização
09/02/2024

PUBLICIDADE

O Superior Tribunal de Justiça negou um recurso especial feito por Alexandre Correa. O ex-marido de Ana Hickmann tentou reverter uma condenação sofrida em 2019, onde ficou determinado que ele deveria pagar uma indenização a um médico cubano por danos morais. Dois anos antes desta condenação, o empresário comparou o médico a um 'petista', além de declarar que o cubano não servia para nada. O portal Notícias da TV informou que conseguiu ter acesso à decisão que foi assinada pela presidente do STJ, a ministra Maria Thereza de Assis Moura.

A defesa de Alexandre alegou que ele somente fez um desabafo na web, uma vez que foi atendido pelo médico cubano e não gostou. Mas a ministra Maria Thereza não aceitou tais argumentos e ainda informou que o recurso trazia 'controvérsias'. Justiça decidiu a favor do médico cubano. Vale ressaltar que a defesa de Alexandre Correa fez duas contestações. Em março do ano passado, o desembargador Enéas Costa Garcia rejeitou a primeira contestação, mantendo a condenação do empresário em segunda instância.

PUBLICIDADE

A Justiça condenou o ex-marido de Ana Hickmann a pagar uma indenização no valor de R$ 10 mil a Abel Alfonso Castro Soria. O médico cubano queria ser indenizado em R$ 187,4 mil, mas o valor ficou bem abaixo do solicitado. Abel foi demitido e alegou que a declaração de Alexandre Correa o prejudicou, por isso em fevereiro de 2017 ele entrou com uma ação contra o empresário. Houve uma audiência de conciliação na época, mas as partes não chegaram a um acordo.

Em 2019, a Justiça determinou que houve 'ofensa de grande proporção' e que a declaração de Alexandre não foi somente um desabafo. Na época, o empresário ainda estava casado com Ana Hickmann e mora na mansão em Itu, interior de São Paulo.

PUBLICIDADE

AD
Artigo